Publicidade

Publicidade

A herança, de Machado de Assis
setembro 21st, 2010

A herança, de Machado de Assis

A Herança, de Machado de Assis, conta a história de uma tia e seus três sobrinhos, Emílio, Marcos e Eugênia. A tia, Venância, trata os três de maneira igual, mas com muito carinho por cada um deles. A história se desenvolve mostrando o que cada personagem faz para alcançar seu objetivo na vida, o amor … Read more

No
Uma Tragédia no Amazonas, de Raul Pompéia
setembro 21st, 2010

Uma Tragédia no Amazonas, de Raul Pompéia

O conto Uma Tragédia no Amazonas é narrado em detalhes por Raul Pompéia para que os leitores possam sentir o clima selvagem da região, onde as leis nem sempre são obedecidas. A história mostra como o ódio e o desejo de vingança pode arruinar muitas vidas, e como o amor e ódio podem conviver juntos.

No
TIL, de José de Alencar
setembro 21st, 2010

TIL, de José de Alencar

Em Til, o interior paulista é o cenário da narrativa. Segredos antigos, desencontros amorosos e renúncias estão presentes neste destacado romance regionalista, em que José de Alencar documenta o cotidiano numa fazenda paulista do século XIX. Ele retrata os costumes, a linguagem e a vida rural da época. A obra também segue os moldes românticos, … Read more

No
Os sonhos d`Ouro, de José de Alencar
setembro 21st, 2010

Os sonhos d`Ouro, de José de Alencar

Os sonhos d`Ouro foi escrito em 1872. Nessa obra de José de Alencar o dinheiro representa o instrumento que permitiria autonomia de Ricardo e seu casamento com Guida, nos tempos do Segundo Reinado. Entretanto, as barreiras sociais impedem a plena manifestação do amor do jovem bacharel provinciano e Guida, uma moça da corte.

No
O Sertanejo, de José de Alencar
setembro 21st, 2010

O Sertanejo, de José de Alencar

O Sertanejo, romance da fase regionalista (ou sertanista) de José de Alencar, publicado em 1875, põe em cena o interior nordestino do século XVIII, onde se desenrola a trajetória repleta de heroísmo de Arnaldo, vaqueiro cearense, homem do campo, simples, mas bravo lutador que tudo enfrenta por amor e por seus ideais. Os dias e … Read more

No
Lucíola, de José de Alencar
setembro 21st, 2010

Lucíola, de José de Alencar

Lucíola é o quinto romance de José de Alencar e foi publicado em 1862. Nessa história, Paulo, enquanto visita a cidade do Rio de Janeiro, se apaixona por Lucia, que na verdade é uma famosa cortesã carioca conhecida como Lucíola. O jovem, mesmo sabendo da vida de Lucia se apaixona por ela e tem seus … Read more

Off
Diva, de José de Alencar
setembro 21st, 2010

Diva, de José de Alencar

Diva foi publicado em 1864 e pertence aos romances urbanos escritos por José de Alencar. Nessa obra o autor faz uma análise e um retrato da sociedade Fluminense do século XIX, enquanto faz uma investigação psicológica da personagem principal da história. Emilia, que é a filha mimada de um rico capitalista do Rio de Janeiro … Read more

No