Publicidade

Publicidade

Vinte anos depois da promulgação da Lei Eusébio de Queirós – que proibiu o tráfico de escravos -, em 1868, Castro Alves conclui o poema O Navio Negreiro – Tragédia no Mar. A obra denuncia a miséria a que eram submetidos os africanos na travessia oceânica.

O poema mais conhecido do Brasil é composto por seis partes e alterna métricas variadas para obter o efeito rítmico mais adequado a cada situação retratada.



Para acessar o download deste livro, clique aqui e realize o login na Universia


1 Estrela2 Estrelas3 Estrelas4 Estrelas5 Estrelas (1 votos, média: 1,00 de 5)
Loading...


Comente!